Ajuda

O Livro

Jesus transfigura-se

1-2 Seis dias depois, Jesus levou Pedro, Tiago e seu irmão João ao topo de um monte. Enquanto olhavam, o aspecto de Jesus mudou de tal maneira que o seu rosto brilhava como o Sol e as suas vestes ficaram de uma brancura deslumbrante.
3 De súbito, Moisés e Elias apareceram e puseram-se a falar com Jesus
4 Pedro, emocionado, disse: "Senhor, é maravilhoso podermos estar aqui! Se quiseres, farei três abrigos: um para ti, outro para Moisés e outro ainda para Elias".
5 Enquanto falava, uma nuvem brilhante desceu sobre eles e uma voz que dela saía disse: "Este é o meu Filho amado, em quem sinto enorme prazer. Obedeçam-lhe."
6 Ao ouvirem isto, os discípulos curvaram-se e inclinaram o rosto, muito assustados.
7 Jesus então aproximou-se e tocou-lhes. "Levantem-se, não tenham medo".
8 Quando tornaram a olhar, apenas Jesus estava com eles.
9 Enquanto desciam do monte, Jesus mandou-lhes que só contassem o que tinham visto quando ele se levantasse de entre os mortos.
10 E os discípulos perguntaram-lhe: "Porque dizem os chefes judaicos que Elias deve voltar antes do Messias?"
11-12 Jesus respondeu: "Eles têm razão. Elias vem para pôr tudo em ordem. Mas é que ele já veio e não o reconheceram: e muita gente o maltratou. Eu, o Filho do Homem, também morrerei às mãos deles."J
13 Então os discípulos perceberam que era a João Baptista que se referia.

A cura do rapaz endemoninhado

14 Quando acabaram de descer do monte, esperava-os uma multidão enorme. Um homem ajoelhou-se diante dele e disse:
15-16 "Senhor, tem piedade do meu filho, que anda mal da cabeça e em grande aflição, pois de vez em quando cai no lume ou na água. Já o trouxe aos teus discípulos, mas não conseguiram curá-lo."
17-18 Jesus respondeu: "Ó gente teimosa e sem fé! Até quando terei de vos suportar? Tragam-me aqui o rapaz." Jesus repreendeu o demónio que estava dentro daquele rapaz e ele deixou-o, ficando bom a partir dali.
19 Os discípulos perguntaram a Jesus quando estavam a sós: "Porque foi que não conseguimos expulsar aquele demónio?"
20-21 "Por causa da vossa pouca fé. Ainda que ela fosse tão pequena como uma semente de mostarda, poderiam dizer a esta montanha: Sai daqui! e ela sairia. Nada vos seria impossível. Porém, esta casta de demónios não sai senão à força de oração e jejum."
22-23 Um dia, estavam ainda na Galileia, Jesus disse-lhes: "Vou ser atraiçoado e entregue ao poder daqueles que me hão-de matar, mas três dias depois viverei de novo." O coração dos discípulos encheu-se de tristeza.

O imposto do templo

24 Ao chegarem a Cafarnaum, os cobradores de impostos do templo procuraram Pedro e perguntaram-lhe: "O vosso mestre não paga impostos?"
25 "Claro que paga", respondeu ntrando em casa para discutir o assunto com Jesus, este, antes que Pedro começasse a falar, perguntou-lhe: "Que achas, Pedro? Os reis lançam tributo sobre o seu povo ou sobre os estrangeiros que conquistaram?"
26 "Sobre os estrangeiros", respondeu Pedro."Ora, se assim é", continuou Jesus, "os nacionais não têm que pagar. Contudo, não vamos contrariá-los; vai, pois, à praia, lança a linha e abre a boca do primeiro peixe que apanhares. Encontrarás ali uma moeda que vale o bastante para pagar o imposto por nós ambos; leva-a e paga-lhes."
© 2018 ERF Medien