Ajuda

O Livro

O negociante esperto

1-2 Jesus contou mais o seguinte aos discípulos: "Um homem rico contratou um feitor para lhe administrar os negócios, mas logo começou a constatar que o indivíduo era esbanjador. Então o patrão chamou-o e disse-lhe: 'Que é isto que me contam? Põe as tuas contas em ordem porque estás despedido'.
3-4 O feitor pensou consigo: 'E agora? Estou liquidado. Para cavar não tenho força e para mendigar tenho vergonha. Já sei! Já sei como arranjar muitos amigos que cuidem de mim quando eu me for embora!'
5-6 Convocou os devedores do patrão e perguntou ao primeiro: 'Quanto lhe deves?''Três mil litros de azeite.''Aqui está o contrato que assinaste', disse o administrador. 'Rasga-o e escreve outro por metade disso.'
7 'E tu, quanto lhe deves?', perguntou ao segundo.'Trinta e cinco mil litros de trigo.''Vá, toma o teu compromisso e troca-o por outro de apenas vinte e oito mil litros!'
8 O homem rico não pôde deixar de admirar a astúcia daquele velhaco s pessoas deste mundo são mais espertas nos negócios do que os crentes.
9 Eu vos digo, usem os vossos bens para ajudar outros e fazer amigos. Desta maneira, a vossa generosidade acumulará uma recompensa para vocês no céu.
10 Porque, se não forem dignos de confiança nas coisas pequenas, não é nas grandes que o serão. Se não vos puderem ser confiadas coisas de pouca monta, muito menos vos confiarão coisas maiores.
11 E, se não são dignos de confiança no tocante à riquezas deste mundo, quem vos confiará as verdadeiras riquezas do céu?
12 E, se não são fiéis com o dinheiro dos outros, por que vos há-de ser confiado o vosso próprio?
13 Pois ninguém pode servir dois patrões. Se não gostar de um há-de ser fiel ao outro. Se tiver zelo por um há-de desprezar o outro. Não se pode servir Deus e o dinheiro."
14-15 Os fariseus que eram avarentos, meteram tudo isto a ridículo. Então Jesus disse-lhes: "Vocês são os que se justificam a si mesmos diante dos outros, mas Deus conhece o vosso coração. O que é altamente avaliado entre as pessoas é cotado de maneira inteiramente diferente por Deus.
16 Até João Baptista começar a pregar, vigoravam as leis de Moisés e as mensagens dos profetas. Mas agora as boas novas do reino de Deus são anunciadas, e multidões ansiosas esforçam-se por entrar nele.
17 Isto, porém, não significa que a lei tenha perdido a sua validade, nem no mais pequeno aspecto. É tão inabalável como o céu e a Terra."
18 Disse ainda: "Quem se divorciar da sua mulher e se casar com outra comete adultério; e quem casar com uma mulher divorciada comete adultério também."

O rico e Lázaro

19 "Havia um certo homem rico", disse Jesus, "que se vestia elegantemente e vivia todos os dias no prazer e no luxo.
20-21 Um mendigo, chamado Lázaro, cheio de doenças, costumava estar deitado à sua porta; e bem desejava comer ao menos as sobras da mesa desse rico, mas só tinha cachorros que vinham lamber-lhe as feridas.
22 Por fim, o mendigo faleceu, e foi levado pelos anjos para junto de Abraão. Também o rico morreu e foi sepultado.
23 Ali, em tormentos, viu Lázaro lá longe com Abraão.
24 'Pai Abraão', gritou, 'tem piedade de mim! Manda Lázaro vir ter comigo nem que seja para molhar a ponta do dedo em água e refrescar-me a língua, pois estou atormentado nestas chamas!'
25-26 'Filho,' respondeu-lhe Abraão, 'lembra-te de que durante a tua vida tiveste tudo quanto querias, enquanto que Lázaro nada teve. Ele está aqui a ser consolado e tu estás em tormentos. Além disso, há um grande abismo que nos separa e que ninguém pode transpor.'
27-28 'Ó pai Abraão, manda-o a casa de meu pai,' retorquiu o rico, 'pois tenho cinco irmãos e é preciso avisá-los para que não venham para este lugar de sofrimentos quando morrerem'.
29 Mas Abraão declarou-lhe: 'Têm as Escrituras de Moisés e dos profetas. Ouçam os seus avisos.
30 'Não, pai Abraão. Se alguém de entre os mortos for ter com eles, arrepender-se-ão.'
31 'Se eles não ouvem Moisés e os profetas, não ouvirão nem mesmo alguém que se tenha levantado de entre os mortos.'"
© 2018 ERF Medien