Ajuda

O Livro

Jerusalém é medida

1 Quando tornei a olhar em volta, vi um homem com uma fita métrica na mão.
2 "Onde vais?" perguntei-lhe."Medir Jerusalém no seu comprimento e na sua largura."
3 O anjo que estava a falar comigo dirigiu-se ao encontro de outro que vinha na nossa direcção.
4 "Diga a este mancebo", disse o outro anjo, "que Jerusalém, um dia, ficará tão cheia de gente que não haverá mais espaço para ninguém! Muitos terão de ficar de fora das muralhas, juntamente com o gado; e mesmo assim estarão seguros.
5 Porque o Senhor mesmo será um muro de protecção, uma muralha de fogo, para eles e para Jerusalém; será a glória da cidade".
6-7 Venham, fujam da terra do norte, de Babilónia, diz o Senhor a todos os exilados ali. Espalhei-vos aos quatro ventos da Terra, mas tornarei a trazer-vos à pátria. Fujam, fujam, para Sião já!, diz o Senhor.
8 O Senhor da glória me enviou contra as nações que vos oprimiram; porque aquele que vos toca, é o mesmo que tocar na menina dos seus olhos!
9 Esmagá-los-ei com o meu punho, e os seus escravos tornar-se-ão os seus senhores! Saberão então que foi o Senhor dos exércitos celestiais quem me mandou.
10 Vim para viver convosco, no vosso meio, diz o Senhor; por isso canta, Jerusalém, e alegra-te!
11 Nessa altura, muitas nações se converterão ao Senhor, e serão também meu povo; viverei no meio deles todos. Saberão então que foi o Senhor dos exércitos celestiais quem me enviou
12 Judá será a propriedade do Senhor na terra santa, visto que Deus mais uma vez decidirá abençoar Jerusalém.-
13 Cale-se toda a humanidade perante o Senhor, porque ele se levantou da sua santa morada."
© 2017 ERF Medien