Ajuda

O Livro

Salmo de David."Como lembrete para Deus.

1 Senhor, não me castigues em consequência da tua severidade,"não me repreendas com zanga.
2 Os teus castigos me têm ferido,"a tua mão tem pesado sobre mim. Por causa da tua cólera todo o meu corpo está doente.
3 Não tenho paz, sinto dores contínuas"por causa dos meus pecados,"que são como uma inundação que me submerge inteiramente.
4 São um fardo demasiado pesado para as minhas forças.
5 As minhas feridas estão inflamadas e cheias de pus, e isso em consequência da minha loucura.
6 Ando encurvado, abatido. Os meus dias estão cheios de angústia e de lamentos.
7 Os meus lombos ardem-me; todo o corpo está doente.
8 Estou doente e esmagado,"gemo de desespero.
9 Senhor, tu conheces as minhas ânsias, e ouves o meu lamento.
10 O meu coração bate apressado, faltam-me as forças, e até a luz dos olhos me vai faltando.
11 Tanto amigos como vizinhos se afastam de mim"com medo da minha doença. Até a minha família se põe à distância.
12 Enquanto isto, os meus inimigos procuram matar-me. E dizem coisas para me estragar a vida,"andam todo o dia a imaginar coisas contra mim.
13 Mas eu mantenho-me surdo a todas as suas ameaças; na frente deles sou como um mudo.
14 Não abro a minha boca. Nada tenho a dizer.
15 Porque espero em ti, Senhor, meu Deus. Tu me ouvirás.
16 Põe um fim à arrogância desses que se alegram quando escorrego.
17 Estou à beira de cair. Tenho constantemente diante de mim essa causa de tristeza.
18 Confesso os meus pecados. Aflijo-me por causa do mal que fiz.
19 Mas os meus inimigos são fortes e perseguem-me rijamente; continuam a odiar-me"ainda que nada tenha feito que lhes dê razão para isso.
20 Eles pagam-me o bem com o mal,"e odeiam-me por eu seguir um caminho direito.
21 Não me deixes, Senhor, meu Deus, não te afastes de mim!
22 Vem depressa em meu auxílio. Socorre-me, meu Salvador!
© 2017 ERF Medien