Ajuda

O Livro

A submissão às autoridades

1 Submetam-se aos poderes instituídos. Porque a autoridade que possuem é-lhes concedida por Deus
2 Por isso os que recusam obedecer às leis do país revoltam-se contra uma ordem que Deus estabeleceu, e trarão sobre si o seu juízo.
3 Porque os magistrados não metem medo a quem faça o bem, mas sim a quem pratica o mal. Portanto, se quiseres nada ter a temer das autoridades, respeita as leis e tudo te correrá bem
4 A autoridade é um representante dessa ordem instituída por Deus, que existe para teu bem. Mas se fizeres algo de condenável, então com razão terás que recear, pois terá de punir-te. Deus a instituiu para esse exacto fim, de castigar quem pratica o mal.
5 Portanto deves obedecer às autoridades por duas razões: para evitares seres castigado e para teres uma consciência limpa.
6-7 Pelas mesmas razões também, devem pagar os impostos, porque são necessários para que toda a máquina do estado prossiga no trabalho a que Deus a destinou. Devem pois dar a cada um o que é devido: os impostos a quem tem o direito de os exigir, o respeito e honra a quem os deve receber.

Vivendo correctamente

8 Não contraiam dívidas para com ninguém, a não ser a dívida do amor para com os outros; porque quem ama os outros satisfaz naturalmente todas as exigências da lei
9 Com efeito, se amarmos o nosso próximo como a nós próprios, não seremos levados a enganá-lo, a matá-lo ou a roubá-lo. Nem cairemos no adultério ou na cobiça do que ele tem. Na verdade, tudo se resume em amarmos o próximo como nos amamos a nós mesmos. P
10 O amor não prejudica ninguém. É essa a razão pela qual ele satisfaz todas as exigências de Deus.
11 Digo-vos isto tudo porque sabemos o tempo em que vivemos. Despertemos, porque a vinda do Senhor está agora já mais próxima do que na altura em que cremos.
12 A noite está a passar e o dia do seu regresso começa a despontar. Eis por que devem abandonar as obras más das trevas, e armar-se de uma vida recta, como é próprio de quem vive na luz
13 Sejam honestos e verdadeiros em tudo o que fizerem, para que toda a gente aprove a vossa conduta. Não desperdicem o vosso tempo em festanças, rejeitem as bebedeiras e tudo em que reine a imoralidade, o adultério, ou ainda as rivalidades e a inveja
14 Identifiquem-se com a vida nova do Senhor Jesus Cristo e não pensem na maneira de dar lugar aos vossos maus desejos.
© 2017 ERF Medien