Ajuda

O Livro

1 Então o Senhor disse-me: Mesmo que Moisés e que Samuel se pusessem perante mim, rogando a favor deste povo, mesmo assim eu não ajudaria essa gente. Que se vão embora! Que se tirem da minha vista!v
2-4 E se te perguntarem - Mas para onde iríamos nós? Diz-lhes que o Senhor lhes responde assim: Os que estão destinados a morrer, para a morte; os que tiverem de morrer à espada, para a espada; os que estão condenados a morrer à fome, para a fome; os que deverão ficar cativos, para o cativeiro. Lançarei contra eles quatro espécies de destruidores, diz o Senhor - a espada para os matar, cães para os dilacerarem, aves de rapina e animais selvagens para devorarem e acabarem com o que restar dos outros. Por causa de toda a maldade que Manassés (filho de Ezequias), rei de Judá, praticou em Jerusalém, castigar-te-ei tão severamente que o teu destino fará arrepiar todos os povos da terra.
5-9 Quem virá a sentir tristeza por ti, Jerusalém? Quem chorará por ti? Quem se incomodará sequer para saber quem és tu? Tu me desprezaste e me viraste as costas. Por isso estenderei o meu punho fechado contra ti, para te destruir. Já estou cansado de estar sempre a dar-vos novas oportunidades. Peneirar-te-ei à porta das tuas cidades e tirar-te-ei tudo o que te é querido; destruirei o meu próprio povo, porque recusa voltar para mim e deixar os seus maus caminhos. Ver-se-ão viúvas sem conta; em pleno dia de sol, trarei a morte sobre a juventude, e o pesar às suas mães. Farei que caiam angústia e terror sobre eles, repentinamente. Uma mãe de sete filhos desfalecerá de aflição, porque todos os seus filhos terão sido mortos; pôs-se-lhe o seu sol enquanto era dia ainda; e ali fica ela agora desfilhada, porque a guerra lhe roubou todos os que sairam do seu seio!
10 Então Jeremias disse: "Ai de mim, minha mãe! Mais valia que eu tivesse morrido ao nascer. Porque sou odiado para onde quer que vá. Não sou nenhum credor que lhes tivesse emprestado com usura e lhes estivesse a reclamar os juros ou o dinheiro; não lhes devo nada, tão pouco - pois mesmo assim me amaldiçoam."
11 Respondeu o Senhor: "Libertar-te-ei seguramente para um bom fim. Farei que os teus inimigos venham interceder junto de ti, quando sofrerem calamidades e quando estiverem em angústias!"
12 Poderá um homem quebrar barras de ferro, ferro do norte, ou de bronze? Pois da mesma forma também não pode ser quebrada a vontade rebelde deste povo
13-14 Assim entregarei todos os vossos bens, as vossas posses, como despojo ao inimigo; este vos levará como escravos, a vocês, para uma terra onde nunca estiveram anteriormente, porque a minha ira arde em fogo e te consumirei.
15 Então Jeremias replicou: "Senhor, sabes que tem sido por tua causa que tenho sofrido. Tenho-lhes pregado a tua palavra e por isso sou perseguido. Não deixes que me matem! Livra-me das suas garras, e dá-lhes antes o que merecem!a
16 São as tuas palavras que me sustêm, que são o alimento da minha alma faminta. Trazem alegria ao meu coração amargurado, e comunicam-me satisfação. Como me sinto orgulhoso em me chamar pelo teu nome, ó Senhor.
17-18 Não me juntei às gentes nas suas reuniões e festins de galhofa e de brejeirices. Preferi ficar só, sob a mão de Deus. Rebento de indignação perante os seus pecados. Mas mesmo assim senti que me faltavas quando precisei de ti, Senhor! Permitiste que continuassem a perseguir-me. Será que eles não pensam deixar de me ferir? A tua ajuda parece-me tão incerta como um ribeiro correndo da montanha - por vezes cheio de águas torrenciais, noutras alturas sem gota de água."
19 E o Senhor retorquiu: "Pára com essa fala insensata; só se voltares a confiar em mim poderás ser meu porta-voz. És tu quem tem que os influenciar a eles, e não eles a ti. Combaterão contra ti como se fossem um exército sitiante contra uma cidade de muros de bronze, mas não prevalecerão contra ti, porque eu estou contigo para te proteger e te livrar, diz o Senhor. Sim, podes ter a certeza de que te libertarei dessa gente malvada; salvar-te-ei das suas mãos violentas."
© 2017 ERF Medien