Ajuda

O Livro

Gn 5:6 Sete tinha 105 anos quando lhe nasceu Enos. Depois viveu mais 807 anos, tendo tido filhos e filhas, morrendo com a idade de 912 anos.
Gn 11:10 A linha de descendentes de Sem incluia Arfaxade, nascido dois anos após o dilúvio, quando Sem tinha 100 anos de idade. E depois ainda viveu mais 500 anos e teve muitos filhos e filhas.
Gn 17:17 Abraão inclinou-se em adoração a Deus. Contudo no seu íntimo não se impediu de achar graça, e de se rir, numa atitude de descrença! "O quê, eu, pai, agora com 100 anos?", pensou. "E Sara, nascer-lhe um filho agora aos 90?"
Gn 21:5 Tinha então Abraão 100 anos de idade.
Gn 26:12 Nesse mesmo ano, a colheita de Isaque foi enorme - 100 vezes o que tinha semeado! Isto porque o Senhor o abençoava. E tornou-se um homem de grande posição, e cada vez mais rico. Tinha grandes rebanhos de ovelhas e vastas manadas de vacas, assim como muita gente ao seu serviço, de tal forma que os filisteus começaram a invejá-lo. E foi assim que começaram a encher de terra os seus poços, que tinham sido todos abertos pelos criados do seu pai Abraão.
Gn 32:13 Jacob passou ali aquela noite e preparou um presente para o seu irmão Esaú, que consistia no seguinte: 200 cabras, 20 bodes, 200 ovelhas, 20 carneiros, 30 camelos de leite, com as suas crias, 40 vacas, 10 bois, 20 jumentas, 10 jumentinhos.
Gn 33:18 Enfim chegaram em perfeita segurança a Siquem, na terra de Canaã, acampando junto à cidade. (Comprou a terra em que levantou o acampamento à família de Hamor, o pai de Siquem, pela quantia de 100 moedas de prata.)
Ex 12:2 "Daqui em diante, este será o primeiro mês do ano e o mês mais importante do vosso calendário. Todos os anos no dia 10 deste mês - isto será o que tereis de anunciar ao povo de Israel - cada família tomará um cordeiro, e se se tratar duma família pequena poderá partilhar um cordeiro com outra pequena família sua vizinha; dependerá portanto do tamanho da família. Este animal deverá ser um macho dum ano, ovelha ou cordeiro, mas sem defeito algum.
Ex 27:16 A entrada do pátio terá uma cortina de 10 metros de largo, com artísticos bordados com linho fino retorcido, a azul, púrpura e vermelho.
Ex 37:10 Seguidamente fez a mesa de madeira de acácia, com um metro de comprimento, 50 centímetros de largura e 75 de altura. Foi revestida de ouro puro, com uma coroa de ouro à volta do seu tampo. Também construiu uma moldura de 10 centímetros de altura à volta da mesa, com uma coroa de ouro em redor da própria moldura. Depois fundiu quatro argolas de ouro e colocou-as nas quatro pernas da mesa, perto da moldura, para poder enfiar nelas as varas de transporte. Após isso, empregando ouro puro, fez as bacias, as tijelas, os pratos e as colheres que deviam estar sobre a mesa.
Ex 38:18 As cortinas da entrada do pátio foram feitas também em linho fino retorcido, artisticamente bordadas em azul, púrpura e carmezim. Tinha essa entrada 10 metros de comprimento e 2 de altura (a largura do tecido), justamente tal como todo o resto da parede do pátio. As cortinas desta porta eram sustentadas por quatro colunas com quatro bases de bronze e com ganchos e hastes de prata. Os cimos dos postes eram de prata.
Nm 2:3 Será assim a sua localização relativa: JudáNassom, filhoA oriente do74.600"de Aminadabetabernáculo IssacarNetanel, filhoJunto a Judá54.400"de Zuar ZebulãoEliabe, filhoJunto de Issacar57.400"de HelomPortanto o total de todos aqueles que acampavam do lado de Judá era de 186.400. Estas três tribos eram as que seguiam à frente quando todo o povo tinha de se deslocar para se instalar noutro sítio.RúbenElizur, filhoA sul do46.500"de SedeurTabernáculo SimeãoSelumiel, filhoJunto de Rúben59.300"de Zurisadai GadEliasafe, filhoJunto de Simeão45.650"de DeuelO total dos que ficavam do lado de Rúben foi pois de 151.450. E iam após o grupo anterior quando tinham que viajar. Só então vinha o tabernáculo, com os levitas. Sempre que se deslocavam cada tribo mantinha-se sob a sua própria bandeira, tal como quando estavam acampados, separados umas das outras.EfraimElisama, filhoA ocidente do40.500"de Amiudetabernáculo ManassésGamaliel, filhoJunto de Efraim32.200"de Pedazur BenjamimAbidã, filhoJunto de Manassés35.400"de GideoniO total dos que faziam este conjunto com Efraim foi assim de 108.100; seguiam após os outros na linha de marcha.DanAlezer, filhoA norte do62.700"de Amisadaitabernáculo AserPagiel, filhoJunto de Dan41.500"de Ocrã NaftaliAirá, filhoJunto de Aser53.400"de EnãEra pois o total dos que estavam do lado de Dan 157.600, e fechavam a coluna de marcha nas deslocações do povo.
1 Rs 20:29 Os dois exércitos formaram em linha de combate um em frente do outro, e assim estiveram sete dias. Por fim começou a peleja. Os israelitas mataram 100.000 homens de infantaria naquele primeiro dia. O resto foi refugiar-se dentro das muralhas de Afeque; mas estas ruíram sobre eles, matando mais 27.000. Ben-Hadade fugiu também para dentro da povoação, escondendo-se no interior duma casa.
2 Rs 15:17 O novo rei de Israel foi Menaem. O seu reinado durou 10 anos, com sede em Samaria. Em Judá: O rei Azarias por essa ocasião era já rei havia 39 anos.
1 Cr 5:18 O exército formado pelas tropas de Rúben, de Gad e da meia-tribo de Manassés era constituído por 44.760 homens armados, bem treinados e corajosos. Declararam guerra aos hagarenos, assim como aos de Jetur, de Nafis e de Nodabe. Clamaram a Deus que os ajudasse e Deus respondeu-lhes, porque confiaram nele. Por essa razão foram derrotados os hagarenos e todos os seus aliados. O que, ao todo, lhes rendeu 50.000 camelos, 250.000 ovelhas, 2.000 burros e 100.000 prisioneiros. Um grande número dos inimigos morreu em combate, porque Deus combateu contra eles. Dessa forma os rubenitas passaram a habitar nesse território dos hagarenos, até ao tempo em que foram levados para o exílio.
1 Cr 12:24 De Judá, 6.800 homens armados com escudo e com lança. Da tribo de Simeão, 7.100 notáveis soldados. Dos levitas, 4.600. Dos sacerdotes - descendentes de Arão - havia 3.700 tropas sob o comando de Zadoque, um jovem de invulgar coragem, e Jeoiada. (Tanto ele como vinte e dois membros da sua família eram oficiais de entre os sacerdotes combatentes.) Da tribo de Benjamim, a mesma tribo de Saul, vieram 3.000. (Mas a maioria dessa tribo manteve-se fiel a Saul.) Da tribo de Efraim, 20.800 valentes guerreiros, cada um deles famosos no respectivo clã. Da meia-tribo de Manassés, 18.000 foram mandados com o objectivo preciso de ajudar David a tornar-se rei. Da tribo de Issacar houve 200 líderes da tribo, com os seus parentes - todos homens que compreendiam o sentido dos tempos em que viviam e a direcção em que Israel devia caminhar. Da tribo de Zebulão houve 50.000 homens de guerra bem treinados, bem armados e totalmente fiéis a David. De Naftali houve 1.000 oficiais e 37.000 soldados, equipados com escudos e lanças. Da tribo de Dan houve 28.600 soldados, todos treinados para a guerra. Da tribo de Aser houve 40.000 soldados, também treinados e prontos para a guerra. Do outro lado do Jordão - onde viviam as tribos de Rúben, de Gad e a meia-tribo de Manassés - houve 120.000 soldados equipados com toda a espécie de armamento.
1 Cr 21:4 Porém o rei contra-argumentou e Joabe acabou por fazer o que lhe fora ordenado. Foi assim por toda a terra de Israel e voltou a Jerusalém. O total da população verificou-se ser de 1.100.000 homens em idade de serviço militar em Israel, e de 470.000 em Judá. Mas não incluiu as tribos de Levi e de Benjamim nestes números, porque esta iniciativa do rei lhe pareceu muito mal.
Ez 40:13 Depois mediu toda a largura exterior da porta, desde o telhado duma câmara até ao telhado da outra: 14,5 metros; fez a estimativa dos pilares de cada lado dos pórticos: mais ou menos 10 metros de altura. Todo o comprimento da passagem de entrada era de 29 metros, de uma à outra extremidade. Havia também janelas, que estreitavam para o interior, através das paredes, de ambos os lados da passagem e nas paredes das câmaras. Havia também janelas à saída e à entrada dos vestíbulos. Os pilares eram decorados com palmeiras.
Ez 40:38 Uma porta neste vestíbulo dava acesso a um espaço onde a carne para os sacrifícios era levada antes de ser transportada para o altar; havia de cada lado da passagem de acesso duas mesas onde os animais eram degolados para serem apresentados em holocausto, como oferta pelo pecado e como oferta pelas culpas, no templo. Fora do átrio de entrada, de cada lado das escadas de acesso à entrada do norte, havia mais duas mesas ainda. Assim, ao todo, viam-se oito mesas, quatro do lado de fora e quatro no interior, onde os sacrifícios eram preparados. Havia também quatro mesas de pedra onde se encontravam os instrumentos necessários para aquele serviço de preparação dos animais. Estas mesas tinham cerca de 80 centímetros de lado; eram quadradas; mediam 53 centímetros de altura. Viam-se ganchos de uns 10 centímetros de comprimento presos às paredes do átrio de entrada e nas mesas onde a carne devia ser posta.
Ez 45:13 Esta é a taxa que darão ao príncipe: 35 litros de trigo ou de cevada por cada 2.100 litros que recolherem; 1% do azeite; por cada 200 ovelhas dos vossos rebanhos em Israel darão uma. Estas são as ofertas de alimentos, ofertas queimadas e de acção de graças, para fazer a expiação por aqueles que as trouxerem, diz o Senhor Deus. Todo o povo de Israel deverá trazer as suas ofertas ao príncipe.
© 2017 ERF Medien