Ajuda

O Livro

Atalia e Joás

1 Quando Atalia, mãe do rei Acazias de Judá, soube que seu filho tinha morrido, matou os filhos dele.
2 Houve contudo um - Joás - que devia ter com um ano de idade , que escapou, porque sua tia Jeoseba (irmã do rei Acazias, filha do rei Jeorão, que era o pai de ambos) o salvou. Ela escondeu o menino, mais a sua ama, numa câmara do templo .
3 Aí viveram durante seis anos, enquanto Atalia foi rainha.
4-8 No sétimo ano do reinado de Atalia, o sacerdote Jeoiada convocou os oficiais da guarda, e a guarda pessoal da rainha, para um encontro no próprio templo; fê-los jurarem segredo absoluto e mostrou-lhes o filho do rei. Depois deu-lhes instruções: "Um terço dos que estiverem de serviço no sábado deverão fazer a guarda do palácio. Os outros dois terços ficarão de guarda ao templo; rodeiem o rei, com as armas na mão, e matem seja quem for que tente forçar a passagem até ele. Mantenham-se sempre ao lado do rei."
9-10 Os oficiais seguiram estas indicações. Trouxeram a Jeoiada os homens que iam sair de serviço no sábado, e também os que iam entrar; armaram-nos com as lanças e os escudos do próprio templo, que tinham pertencido ao rei David.
11 Os guardas, armados, puseram-se diante do santuário e rodearam o altar, que se encontrava perto do esconderijo de Joás.
12 Jeoiada trouxe fora o príncipe, pôs-lhe uma coroa na cabeça, entregou-lhe uma cópia da aliança e ungiu-o rei. Toda a gente bateu as palmas e gritou. "Viva o rei!"
13-14 Atalia, ao ouvir as aclamações, correu para o templo e viu o novo rei em pé junto à coluna, como era costume fazer aquando das coroações, e rodeado pela sua guarda pessoal e por muitos trombeteiros; toda a gente manifestava a sua alegria, ao mesmo tempo que se ouviam os toques das trombetas. "Traição! Traição!", gritou ela; e rasgou o seu vestido.
15 "Tirem-na daqui", exclamou Jeoiada aos oficiais da guarda. "Não a matem aqui no templo. Matem quem quer que seja que tente livrá-la."
16 Levaram-na então para as cavalariças do palácio e ali a mataram.
17-18 Jeoiada proclamou um compromisso entre o Senhor, o rei e o povo, em como seriam o povo do Senhor. Fez também um contrato entre o rei e o povo. Toda a gente se dirigiu ao templo de Baal e derrubou-o, destruindo os altares e as imagens e matando Matã, o sacerdote de Baal, diante do próprio altar. Jeoiada pôs guardas no templo do Senhor.
19 Então ele, os oficiais, o corpo da guarda e todo o povo levaram o rei desde o templo, pelo caminho do quartel da guarda, até ao palácio. Aí sentaram-no no trono real.
20 Dessa forma toda a gente ficou feliz e a cidade se pacificou, após a morte de Atalia.
21 Joás tinha sete anos quando foi feito rei.
© 2017 ERF Medien