Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien. 25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

Cântico dos descendentes de Coré."Para o director do coro.

1-2 Ó Deus, nós temos ouvido a respeito dos gloriosos milagres"que realizaste nos tempos antigos.Os nossos antepassados nos contaram"como tu arrancaste as nações pagãs, gente má, desta terra, e como estabeleceste o teu povo aqui; castigaste esses povos sem Deus"e espalhaste Israel de uma ponta à outra da terra.
3 E essa terra não foi pela sua força e capacidade que a ganharam,"mas sim pelo teu poder, e porque tu olhaste para eles com simpatia e os favoreceste.
4 Tu és o meu rei e o meu Deus.Ordena que o teu povo tenha vitórias.
5 Por ti venceremos os nossos inimigos, e pelo teu nome os esmagaremos.
6 Eu não confio nas minhas armas. Elas nunca me poderiam salvar.
7 Só tu podes livrar-nos dos nossos adversários,"e os fazer bater em retirada.
8 Por isso todo o tempo da nossa vida"nos sentimos honrados pelo Deus que temos,"e para sempre louvaremos o seu nome!
9 Apesar disso temos a impressão de que,"por algum tempo, nos puseste de lado, e nos deixas perplexos;não nos acompanhas nas nossas lutas.
10 Permites que fujamos dos nossos inimigos,"os quais invadem a nossa terra e a roubam.
11 Deixaste que fôssemos tratados como ovelhas"destinadas ao matadouro,"e espalhaste-nos entre as nações do mundo.
12 Vendeste o teu povo por uma bagatela. Não nos deste valor nenhum.
13 Fazes com que tenhamos vergonha dos nossos vizinhos. Os que nos rodeiam desprezam-nos e fazem troça de nós.
14 O próprio nome de judeu se tornou como um motivo de injúria"e de desonra entre os povos da terra,"perante o qual as pessoas viram o rosto com antipatia.
15 Sou constantemente desprezado,"escarnecem-me na cara.
16 Sou insultado e amaldiçoado pelos meus inimigos,"que querem vingar-se.
17 E tudo isto nos acontece,"apesar de não nos termos esquecido de ti,"nem de termos violado o nosso acordo contigo.
18 O nosso coração não te abandonou;"não nos desviámos do teu caminho.
19 De outra forma teríamos compreendido que nos castigasses"num deserto estéril, entre animais ferozes,"e nos enviasses para a escuridão da morte.
20 Se nos tivéssemos esquecido do nosso Deus,"e tivéssemos pedido auxílio a deuses estranhos, a ídolos,
21 Deus não o teria sabido? Com certeza que sim,"pois que ele conhece os segredos de cada coração.
22 Mas não é o nosso caso. Antes por te amarmos, Senhor,"enfrentamos ameaças de morte dia após dia. Somos como ovelhas esperando a matança.
23 alva-nos em nome da tua fidelidade.
© 2016 ERF Medien