Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien. 25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

Salmo de David."Para o director do coro."Feito sobre a melodia "Corça da manhã".

1 Meu Deus, meu Deus, porque me abandonaste?Porque não ouves o meu gemido"e não me socorres?
2 Chamo de dia e não me ouves, meu Deus; e de noite é a mesma coisa:"não tenho resposta, e não consigo sossegar.
3 Porém tu és santo.Os louvores dos nossos pais, em Israel,"envolveram o teu trono.
4 Confiaram em ti"e tu os livraste.
5 Gritaram por socorro"e escaparam. Buscaram a tua ajuda"e não ficaram decepcionados.
6 Mas eu sou verme,"não sou homem;sou escarnecido e desprezado pelos homens,"pelo meu próprio povo,"e por toda a gente.
7 Todos os que me vêem fazem troça de mim, encolhem os ombros, abanam a cabeça e dizem:
8 "É esse que confiou no Senhor?"Então o Senhor que o livre,"já que ele diz que Deus tem prazer nele."
9 Mas foste tu quem me tirou do ventre de minha mãe,e me protegeu desde os primeiros dias no seu seio.
10 Desde o meu nascimento que estou à tua guarda. Tens sido sempre o meu Deus.
11 Não me deixes agora,"porque a aflição está próxima"e não há mais ninguém que possa ajudar-me.
12 Estou cercado de gente má,"violenta como touros bravos.
13 Abriram contra mim as suas bocas,"como leões rugindo, quando atacam a presa.
14 A minha força se desfez como água; todos os meus ossos se desconjuntaram. O meu coração, dentro de mim, derreteu-se como cera.
15 Secou-se-me a força como barro ao sol, e a língua pega-se-me à boca,"porque me lançaste no pó da morte.
16 Rodeou-me um bando de malfeitores"como se fossem cães, e atravessaram-me as mãos e os pés.
17 Poderia até contar todos os ossos do meu corpo. Eles olham para mim,"observam-me malignamente.
18 Repartem entre si as minhas roupas,"e a minha túnica, tiram-na à sorte.
19 Mas tu, Senhor, não te afastes de mim. És a minha força, vem socorrer-me depressa.
20 Livra a minha alma das armas de morte, poupa a minha preciosa vida da maldade desses cães.
21 Salva-me da boca desse leão,"sim, ouve-me quando estiver preso nos chifres "destes touros selvagens.
22 Então louvarei o teu nome perante os meus irmãos;"falarei de ti perante a assembleia do povo.
23 Louvem o Senhor todos vocês que o temem, honrem-no todos os que são da descendência de Jacob; louvem-no todos os que descendem de Israel.
24 Porque ele não ficou indiferente"nem se esqueceu da aflição daquele que estava aflito; não virou a cara quando eu sofria. Mas quando o chamei, ouviu-me.
25 Eu te louvarei no meio da grande assembleia do povo. Cumprirei publicamente os meus votos"na presença de todos os que reverenciam o teu nome.
26 Os pobres, que vivem aflitos, comerão e ficarão fartos. Todos os que buscam o Senhor o encontrarão: O vosso coração viverá uma eterna alegria.
27 A Terra inteira verá isso e se voltará para o Senhor.
28 O povo de cada nação adorará o Senhor. Pois o Senhor é rei"e domina todas as nações.
29 Os grandes da Terra, que vivem na fartura,"te adorarão, Senhor, e da mesma forma os que na vida só esperam pela morte,"também se inclinarão perante ti para te adorar.
30 Nossos filhos também o servirão,"porque lhes falaremos do Senhor.
31 Gerações que ainda não nasceram"ouvirão falar sobre a justiça de Deus, e sobre tudo o que ele fez.
© 2016 ERF Medien