Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien.
25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

Este cântico de David foi escrito na altura em que o Senhor"o libertou dos seus inimigos, incluindo Saul.

1 Eu te amo, Senhor, que és a minha força.
2 O Senhor é o meu rochedo, a minha fortaleza"e o meu Salvador. Esconder-me-ei em Deus, que é a minha rocha"e o meu alto retiro. Ele é o meu escudo, o poder da minha salvação"e o meu refúgio.
3 Ó meu Salvador, tu me livras da violência. Invocarei o Senhor, que é digno de todo o louvor; salvar-me-á de todos os meus adversários.
4 Ondas de morte me cercaram;torrentes de maldade desabaram sobre mim.
5-6 Fui ligado e atado, pelo inferno e pela morte;"mas chamei pelo Senhor, na minha tristeza,"e ele ouviu-me, desde o seu templo. O meu clamor chegou aos seus ouvidos.
7 Então a Terra foi abalada e tremeu;"os fundamentos dos céus abalaram-se, por causa da sua ira.
8 Saiu-lhe fumo do seu rosto, da boca, um fogo devorador,"que tudo consome na sua frente, pondo o mundo em chamas.
9 Fez baixar os céus e desceu, andando sobre espessas nuvens.
10 Voou sobre um querubim, sobre as asas do vento.
11-12 As trevas rodearam-no, espessas nuvens o circundaram;"mas a Terra resplendeu com o brilho da sua presença,"que penetrou as nuvens com relâmpagos e tempestade de granizo.
13 O Senhor trovejou desde os céus;"o Deus supremo fez ecoar a sua voz.
14-15 Disparou as suas frechas de luz, e dispersou os inimigos. Pelo sopro da sua respiração até o mar se dividiu em dois,"e viu-se o fundo das águas pela repreensão do Senhor.
16 Desde o alto me livrou, salvou-me de ser levado pelas vagas;
17 libertou-me do meu poderoso inimigo,"daqueles que me odiavam,"dos que tinham muito mais força que eu.
18 Saltaram sobre mim, no dia da calamidade. Mas o Senhor foi a minha salvação.
19 Fez-me reaver a liberdade, resgatou-me, porque me amava.
20-21 O Senhor recompensou-me, conforme a minha rectidão,"porque tinha as mãos limpas,"e não me afastei impiamente do meu Deus.
22 Tive sempre presentes as suas leis,"e não me desviei dos seus estatutos.
23 Fui sempre sincero perante ele, e fugi ao pecado.
24 Por isso o Senhor atendeu à minha justiça,"pois viu que eu estava limpo.
25 Tu és misericordioso para com os que têm misericórdia;"revelas a tua justiça para com os que são rectos.
26 Com os puros, mostras-te puro;"mas destróis os perversos.
27 Salvas os que estão aflitos, mas abates os orgulhosos,"pois que tens os olhos sempre sobre eles.
28 Senhor, tu és a minha luz! Tranformaste em luz a minha escuridão.
29 Pelo teu poder posso esmagar um exército;"pela tua força saltarei muralhas.
30 O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é verdade. É um escudo para com os que procuram a sua protecção.
31 Só o Senhor é Deus. Quem é como um rochedo senão o nosso Deus?
32 Deus é a minha poderosa fortificação;"faz-me andar em perfeita segurança.
33 Faz com que caminhe com passo bem firme,"como as gazelas sobre as rochas.
34 Torna-me hábil nos combates,"dá-me força capaz de dobrar um arco de bronze;
35 Deste-me o escudo da tua salvação;"pela tua bondade me engrandeceste.
36 Fizeste-me andar sobre caminhos lisos,"onde os meus pés não vacilaram.
37-38 Persegui os meus inimigos e os destruí,"não desisti sem os derrotar,"consumi-os e destrocei-os,"de tal forma que mais nenhum deles se poderá levantar. Caíram debaixo dos meus pés.
39 Pois deste-me força para a batalha. Fizeste com que subjugasse"todos os que se levantaram contra mim.
40 Obrigaste os meus inimigos a fazerem meia volta e a fugirem;"destruí-os a todos, os que me odiavam.
41 Em vão pediam ajuda; clamaram a Deus,"mas recusou ouvi-los.
42 Pisei-os como o pó do chão, esmaguei-os e dispersei-os,"como pó pelas ruas.
43 Guardaste-me da rebelião do meu povo;"livraste-me, para que seja cabeça das nações. Estrangeiros me servirão;
44 Em breve me serão sujeitos, quando ouvirem falar do meu poder.
45 Perderão a altivez, e virão a tremer, lá dos seus esconderijos.
46 O Senhor vive. Bendito seja aquele que é a minha rocha.
47-48 Que ele seja louvado,"aquele que é a pedra da minha salvação,"que destrói os que se levantam contra mim,"e que me resgata dos meus adversários. Sim, tu levantaste-me em segurança, acima das suas cabeças. Livraste-me da violência.
49 Por isso te dou honra, ó Senhor, entre as nações,"e canto louvores ao poder do teu nome.
50 O Senhor deu uma maravilhosa salvação ao seu rei,"manifestou misericórdia ao seu ungido - "a David e à sua família,"para sempre.
© 2016 ERF Medien