Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien. 25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

Jesus e a pesca milagrosa

1 Mais tarde, Jesus tornou a aparecer aos discípulos junto ao Mar da Galileia, e eis como isto se passou:
2 Estava lá um grupo formado por Simão Pedro, Tomé (o Gémeo), Natanael de Caná na Galileia, os filhos de Zebedeu, além de outros dois discípulos.
3 Simão Pedro disse: "Vou à pesca.""Também nós", disseram todos. Assim fizeram; mas nada apanharam toda a noite.
4 Ao romper do dia, avistaram um homem de pé na praia, mas não conseguiram ver quem seria.
5 "Amigos, apanharam algum peixe?", gritou ele."Não", responderam.
6 Então ele disse: "Lancem a rede do lado direito do barco e apanharão bastante!" Assim foi, e depois nem sequer podiam puxar a rede devido ao peso do peixe, pela sua abundância.
7 Então aquele discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: "É o Senhor!" Ao ouvir isto, Simão Pedro vestiu a roupa que tinha tirado e saltou para dentro da água.
8-9 Os outros discípulos continuaram no barco e puxaram a rede carregada até à praia, a cerca de cem metros de distância. Quando lá chegaram, viram uma fogueira com peixe em cima; havia também pão.
10 "Tragam-me peixe do que acabaram de apanhar", disse Jesus.
11 Simão Pedro foi e puxou a rede para terra. Pela sua contagem, havia cento e cinquenta e três peixes grandes, sem que, contudo, a rede se tivesse rompido.
12-13 "Agora venham comer", disse Jesus. E nenhum de nós se atrevia a perguntar-lhe se era realmente ele o Senhor, pois no fundo sabíamos bem que sim. Jesus começou então a servir-nos pão e peixe.
14 Foi esta a terceira vez que Jesus apareceu aos discípulos depois da sua ressurreição.

Pedro é restaurado

15 Terminando a refeição, Jesus disse a Simão Pedro: "Simão, filho de João, amas-me mais do que estes?""Sim", respondeu Pedro, "sabes que eu te amo."Jesus disse: "Então alimenta os meus cordeiros."
16 Jesus repetiu a pergunta: "Simão, filho de João, amas-me?""Sim, Senhor", disse Pedro, "sabes que eu te amo.""Então pastoreia as minhas ovelhinhas."
17-18 Uma vez mais lhe perguntou: "Simão, filho de João, amas-me?"Pedro sentiu-se magoado por Jesus o ter questionado pela terceira vez: "Senhor, tu conheces tudo e sabes que eu te amo."Jesus insistiu: "Toma conta das minhas ovelhinhas. Presta bem atenção: Quando eras novo, fazias o que te apetecia e ias para onde querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos e outros te guiarão e levarão para onde não queres ir."
19 Jesus disse-lhe isto para que soubesse como iria morrer para glória de Deus. Depois acrescentou: "Segue-me."
20 Pedro voltou-se e viu que os seguia o discípulo que Jesus amava, aquele que se curvara na ceia para perguntar a Jesus: "Mestre, qual de nós te vai trair?"
21 Pedro perguntou a Jesus: "E que será deste, Senhor?"
22 Jesus respondeu: "Se eu quiser que ele viva até ao meu regresso, que te importa isso? Segue-me tu."
23 Foi assim que se espalhou entre os crentes a ideia de que esse discípulo jamais morreria. No entanto, não foi o que Jesus disse, mas apenas: "Se eu quiser que ele viva até que eu venha, que te importa isso?"
24 Esse discípulo sou eu. Assisti a estes acontecimentos e aqui os deixo registados. E todos sabem bem que o meu relato destas coisas é exacto.
25 Suponho que, se todos os outros acontecimentos da vida de Jesus fossem escritos, nem no mundo inteiro caberiam todos os livros que se escrevessem!
© 2016 ERF Medien