Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien. 25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

A aliança é quebrada

1 Então o Senhor falou mais uma vez a Jeremias e disse-lhe:ó
2-5 Lembra ao povo de Judá e a todos os habitantes de Jerusalém que fiz uma aliança com os seus pais - e maldito é aquele que não a respeita! Porque lhes disse, quando os tirei para fora da escravidão do Egipto, que se me obedecessem e fizessem tudo quanto lhes mando, então eles e os seus descendentes seriam meus e eu seria o seu Deus. E agora, Israel: obedece-me, diz o Senhor, para que possa fazer em vosso favor todas as coisas maravilhosas que jurei realizar, se me obedecessem. Quero dar-vos uma terra que mana leite e mel, como se vê hoje. Então eu respondi: "Assim seja, Senhor!"
6 Então o Senhor disse: Transmite esta mensagem nas ruas de Jerusalém, e vai também de cidade em cidade através da terra e diz: Lembrem-se deste acordo que os vossos pais fizeram com Deus, e façam tudo o que eles prometeram fazer.
7 Porque eu disse solenemente aos vossos pais, quando os trouxe para fora do Egipto - e tenho continuado a dizer o mesmo sempre e sempre: Obedeçam aos meus mandamentos!
8 Mas os vossos pais não quiseram fazer isso. Nem sequer quiseram ouvir. Cada um preferiu seguir a sua vontade rebelde e o seu coração orgulhoso. Visto que recusaram obedecer, cumpri contra eles todas as coisas más que o contrato estatuía.
9 De novo o Senhor me falou e me disse: Descobri uma conspiração contra mim entre os homens de Judá e de Jerusalém.
10 Regressaram aos pecados dos seus pais, recusando ouvir-me, e além disso puseram-se a adorar ídolos. A aliança que fiz com vossos pais foi quebrada
11 Em consequência disso o Senhor diz: Vou trazer calamidades sobre eles das quais não escaparão; ainda que clamem por misericórdia, não atenderei aos seus rogos.
12 Eles certamente, perante isso, irão fazer rezas aos seus ídolos e queimar-lhes incenso; contudo, não os poderão salvar, como é evidente, desse tempo de angústia e desespero.
13 Ó meu povo, tens tido tantos deuses como as tuas cidades, e os teus altares vergonhosos - onde queimam incenso a Baal - levantam-se ao longo de cada rua de Jerusalém.
14 Portanto, Jeremias, não faças oração por este povo; não chores nem rogues por eles, porque não os ouvirei quando estiverem enfim bastante aflitos para me pedir socorro
15 Que direito tem o meu povo amado de vir mais alguma vez ao meu templo? Porque vocês têm sido desleais e adoraram outros deuses. Será que promessas e sacrifícios poderiam agora, nesta altura, fazer alguma coisa para impedir a vossa condenação e vos tornar a dar vida e a alegria?
16 O Senhor costumava chamar-vos a sua oliveira verde, bela à vista e cheia de bons frutos; mas agora decidiu enviar-vos a fúria dos inimigos para vos queimar ao fogo e vos deixar quebrantados, reduzidos a cinza.
17 Foi por causa da maldade de Israel e de Judá, oferecendo incenso a Baal, que o Senhor dos exércitos celestiais, que plantou ele próprio essa árvore, ordenará agora a sua destruição.

Conspiração contra Jeremias

18-19 O Senhor fez-me saber os planos deles, deu-me a conhecer as suas conjuras contra mim. Eu estava longe de suspeitar fosse do que fosse; era como um cordeiro ou um boi que se leva ao matadouro, sem desconfiar de nada. Não sabia realmente que estavam a intentar matar-me! "Vamos destruir este indivíduo e acabamos com todas as suas pregações", dizem. "Matemo-lo e nunca mais ninguém se lembrará dele."
20 Ó Senhor dos exércitos celestiais, tu és justo. Atenta para os corações e as intenções destes homens. Dá-lhes tu a paga de tudo o que têm planeado! Conto contigo para que se faça justiça.
21 E o Senhor respondeu: Os homens da cidade de Anatote serão castigados por terem pensado matar-te. Eles te dirão para não profetizares em nome de Deus, sob pena de teres de morrer. Por isso os seus mancebos morrerão na batalha; a sua juventude, rapazes e raparigas, morrerão de fome. E quanto a esses conspiradores de Anatote, nem um sequer sobreviverá, pois que trarei grandes desgraças sobre eles. O seu tempo chegou agora.
© 2016 ERF Medien