Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien.
25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

1-2 Nós, cooperando portanto com Deus, vos exortamos a que não deixem que a sua graça vos seja anunciada em vão. Porque ele diz pela boca do profeta Isaías:"Ouvi-te quando o meu acolhimento te estava franqueado. Socorri-te no dia em que a salvação te era proposta".

As dificuldades de Paulo

3 Assim sendo, procuramos viver de tal maneira que nunca ninguém se sinta chocado por causa da nossa conduta, de forma que a nossa actividade para Deus nunca venha a ser censurada
4 De facto, em tudo o que fazemos procuramos mostrar que somos servos de Deus, suportando tudo com muita paciência: as aflições, as necessidades, os sofrimentos.
5 Fomos já açoitados, postos na prisão, enfrentámos multidões furiosas, sabemos o que é o trabalho esgotante, noites sem dormir, fome.
6 Demonstrámos integridade nas nossas vidas, mostrámos conhecimento e demos provas de paciência. Temos sido bondosos, com uma afeição verdadeira inspirada pelo Espírito Santo.
7 Proclamámos a palavra da verdade, e o poder de Deus se tem manifestado; temos combatido com as armas ofensivas e defensivas da justiça.
8 Permanecemos leais ao Senhor, quer os outros nos honrem ou nos desprezem, quer nos censurem ou nos elogiem. Somos sinceros, embora nos tratem de impostores.
9 O mundo ignora-nos, mas Deus nos conhece. Dizem de nós que não poderemos continuar a viver por muito tempo, e eis que continuamos vivendo. É verdade que temos sido bastante maltratados, mas não morremos."
10 Temos sido entristecidos, mas nunca perdemos a alegria do Senhor. Somos pobres, mas enriquecemos os outros espiritualmente. Nada nos pertence mas temos tudo.
11 Oh, queridos coríntios, falámos convosco agora com toda a franqueza; abrimos para vocês o nosso coração.
12 E se, da vossa parte, os vossos sentimentos não correspondem aos nossos será certamente por culpa vossa
13 Falo-vos como a verdadeiros filhos: abram-nos igualmente os corações.

Associações com incrédulos

14 Não se associem com os descrentes. Com efeito, como seria possível conciliar a justiça com a injustiça? E que haverá de comum entre a luz e as trevas?
15 Que harmonia poderia haver entre Cristo e o Diabo? Como poderia um cristão associar-se com um descrente?
16 Que aliança poderia estabelecer-se entre o templo de Deus e os ídolos? Porque vocês são o templo do Deus vivo. Tal como Deus disse: "Neles habitarei, e andarei no meio deles. Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo".
17 E foi por isso que também lhes disse:"Saiam do meio deles. Afastem-se. Não tenham relações com aquilo que eu repudio,"e eu vos receberei". "Serei um Pai para vocês,"e vocês serão para mim filhos e filhas,"disse o Senhor todo-poderoso."
© 2016 ERF Medien