Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien. 25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

Saul procura Samuel

1-2 Cis era um homem rico e influente da tribo de Benjamim. Era filho de Abiel, neto de Zeror e bisneto de Becorate e ainda trineto de Afias. Tinha um filho, Saul, que era o moço mais bem parecido que havia em Israel. Em altura, ultrapassava acima dos ombros fosse quem fosse de entre os seus concidadãos.
3-5 Um dia aconteceu que os jumentos de Cis se extraviaram; então mandou Saul com um criado à procura deles. Percorreram toda a zona das colinas de Efraim, mais a terra de Salisa, e ainda a área de Saalim, assim como todo o território de Benjamim, mas não os encontraram. Finalmente, depois de os terem procurado na terra de Zufe, Saul disse para o criado: "Vamos embora; a esta hora meu pai deve estar mais preocupado connosco do que com os jumentos!"
6 Mas o moço respondeu-lhe: "Eu pensei numa coisa! Há um profeta que vive aqui nesta terra; é tido em grande consideração por todo o povo, porque tudo quanto diz é verdade; vamos ter com ele, talvez possa indicar-nos alguma pista para encontrarmos os animais."
7 "Mas é que não temos aqui nada com que lhe pagar", replicou Saul. "Até a comida que trazíamos se acabou já; não temos mais nada."
8 "Bom, eu tenho aqui uma moeda de prata; podemos ao menos oferecer-lhe isto, e logo se vê o que acontece."
9-11 "Está bem", concordou Saul, "vamos tentar." E dirigiram-se para a povoação onde vivia o profeta. Enquanto subiam a encosta em direcção à localidade, viram umas raparigas que saíam da povoação à procura de água, e perguntaram-lhe se o vidente estava na cidade. (Naqueles dias os profetas eram chamados videntes. As pessoas diziam que iam consultar o vidente, e não consultar o profeta, como dizemos hoje.)
12-13 "Sim", responderam elas, "vão sempre por esse caminho, porque vai direito à casa dele. Ele mora mesmo da parte de dentro da entrada da povoação. Acabou agora mesmo de chegar de fora e tem de estar presente num sacrifício público, no alto da colina. Por isso despachem-se porque deve estar mesmo a sair de casa; os convidados habitualmente não começam a comer sem que ele chegue e abençoe os alimentos."
14 Entraram na cidade e, ao passarem a entrada, viram precisamente Samuel que saía para ir ao alto da colina.
15 Samuel aliás estava prevenido. O Senhor tinha dito no dia anterior:
16 "Amanhã, por esta altura, vou-te mandar um homem da terra de Benjamim. Deverás ungi-lo como chefe do meu povo. Ele livrá-lo-á dos filisteus. Olhei para o meu povo com misericórdia, e ouvi o seu choro."
17 Quando Samuel viu Saul, o Senhor disse-lhe: "É este o homem de quem te falei! Ele regerá o meu povo."
18 Nesse preciso momento Saul aproximou-se de Samuel e perguntou-lhe: "Diz-me por favor onde é a casa do vidente."
19-20 "Sou eu o vidente", replicou Samuel. "Sobe a colina à minha frente e comeremos juntos; amanhã dir-te-ei o que pretendes saber e poderás ir-te embora. Entretanto não te preocupes mais com os jumentos que se perderam há já três dias, porque já foram achados. De qualquer maneira, és tu que tens na mão os destinos de Israel, a partir de agora!"
21 "Perdão, senhor", replicou Saul. "Eu sou da tribo de Benjamim, a mais pequena de Israel, e a minha família é a menos importante de todas as tribos. Deves ter-te enganado!"
22 Contudo Samuel levou Saul e o moço para a sala do banquete e fê-los sentarem-se à cabeceira da mesa, dando-lhe um lugar de honra acima dos outros trinta convidados especiais.
23 Samuel entretanto tinha já dado ordens ao cozinheiro para reservar o melhor pedaço da carne, destinada ao convidado de honra.
24 O cozinheiro trouxe-a então e pô-la diante de Saul. "Vá, come", disse-lhe Samuel, "foi para ti que a mandei reservar, mesmo antes de ter convidado estes outros." Saul comeu na companhia de Samuel.
25 Depois daquela celebração, quando regressavam à cidade, Samuel trouxe Saul para o terraço sobre a casa e esteve ali a conversar com ele.
26 Ao romper do dia seguinte, chamou-o: "Levanta-te; tens de te pôr já a caminho." Saul levantou-se e preparou-se, e Samuel acompanhou-o até à saída da cidade.
27 Quando chegaram às muralhas disse a Saul que mandasse o criado à frente, e dirigiu-se-lhe nestes termos: "Recebi da parte do Senhor uma mensagem especial para ti."
© 2016 ERF Medien