Schließen
BibleServer is a donation based project by ERF Medien.
25 € will help us to secure next years funding.
Ajuda

O Livro

1 E vocês devem seguir o meu exemplo, tal como eu sigo o de Cristo.

Instruções para a reunião da igreja

2 Estou muito contente, irmãos, por me terem sempre no vosso pensamento e por fazerem tudo quanto vos tenho ensinado.
3 Mas há um assunto que quero que saibam: é que Cristo tem autoridade sobre todos os homens. O marido tem autoridade sobre a mulher. Deus tem autoridade sobre Cristo.
4 É por isso que se um homem cobre a cabeça, quando está a orar ou a pregar, desonra Cristo.
5 E uma mulher que, em público, ora ou fala em nome de Deus com a cabeça descoberta desconsidera o seu marido, porque é como se tivesse a cabeça rapada.
6 E se ela recusar cobrir-se, então que rape o cabelo. Mas se é uma vergonha uma mulher ter a cabeça rapada, então que a cubra.
7 Mas um homem não deverá ter nada na cabeça enquanto está a cultuar. O homem, feito à imagem de Deus, reflecte a sua honra, e a mulher é o reflexo da honra do homem.
8 Com efeito, o primeiro homem não foi tirado da mulher, mas a primeira mulher foi tirada do homem.
9 E Adão, o primeiro homem, não foi feito para benefício de Eva; mas Eva sim foi feita para Adão.
10 Assim uma mulher deveria usar a cabeça coberta como sinal de que reconhece a autoridade do marido, um facto que todos os anjos constatam.
11 Mas nos relacionamos entre o povo do Senhor, o homem e a mulher precisam um do outro.
12 Porque se é verdade que a primeira mulher veio do homem, contudo todos os homens, desde então, nasceram de mulheres, e ambos, homens e mulheres, foram criados por Deus.
13-15 Vejam vocês mesmos: na vossa opinião será certo que uma mulher ore em público com a cabeça descoberta? Porque as mulheres sentem orgulho no comprimento do seu cabelo, que lhe foi dado como um véu, enquanto os homens têm tendência para não se sentirem à vontade com o cabelo muito comprido e semelhante ao das mulheres.
16 E a quem quiser continuar a levantar discussões, nós dizemos que é assim que pensamos - nós, e também as igrejas de Deus.

A ceia do Senhor

17 E agora há um outro assunto em que não vos posso elogiar. Consta que quando se reúnem, é maior o prejuízo do que a bênção recebida.
18 Ouço falar nas divisões que se manifestam nas vossas reuniões, e em parte acredito.
19 Mas eu até creio que é importante que isso aconteça para que sejam conhecidos os que estão certos.
20-21 Afinal quando se juntam, não é para participar na ceia do Senhor; é para tomarem a vossa própria refeição. E assim cada um procura servir-se sem esperar por repartir com os outros, de tal forma que uns não comem o suficiente e outros excedem-se!
22 Não poderiam vocês comer e beber cada um na sua casa segundo a fome que tiverem, de forma a evitar esta vergonha para a igreja e a humilhação que representa para o pobre ter que se retirar sem comer? Que esperam vocês que eu diga sobre isto? Não contem que venha elogiar-vos!
23-24 Eu recebi do Senhor o que já antes vos tinha transmitido: Na noite em que foi traído, o Senhor Jesus tomou o pão, e depois de ter dado graças, partiu-o dizendo: "Tomem e comam-no; isto é o meu corpo, que é partido em vosso favor. Façam isto para se lembrarem de mim."
25 De igual modo, pegou na taça de vinho, no fim da ceia, e disse: "Esta taça é o novo contrato entre Deus e vocês, estabelecido por meio do meu sangue. Façam isto, todas as vezes que beberem, em lembrança de mim."
26 Porque de cada vez que comerem este pão e beberem este vinho estão a anunciar a mensagem da morte do Senhor. Façam pois isto até que ele volte.
27 Por isso, se alguém come deste pão e bebe deste vinho de uma maneira indigna, torna-se culpado de pecado contra o corpo e o sangue do Senhor.
28 É por isso que cada um se deve examinar cuidadosamente antes de tomar este pão e de beber desta taça.
29 Porque se o fizer indignamente, não distinguindo o corpo do Senhor, está a comer e a beber para sua própria condenação.
30 É por isso que há no vosso meio muitos fracos e doentes e muitos já morrerem.
31 Mas se cada um se examinar cuidadosamente evitará então que seja julgado por Deus.
32 Contudo, quando somos julgados e castigados pelo Senhor, é para não sermos condenados com o resto do mundo.
33 Sendo assim, irmãos, quando se juntarem à mesa do Senhor, esperem uns pelos outros.
34 Se alguém tem realmente fome, deve comer em casa, para não atrair castigo sobre si próprio quando estiverem todos reunidos uanto aos outros assuntos, falarei sobre eles convosco quando aí chegar.
© 2016 ERF Medien